21 de novembro de 2017

Miss Negra de Nova Ubiratam em Mato Grosso

Imprensa / Ultimas Notícias

Desbancou 10 candidatas

Autor: Michel Ferreira Fonte: Ascom Foto: Sirlei Maria/Site Ubiratã24horas

Jovem de 22 anos surpreende jurados e é eleita Miss Beleza Negra Nova Ubiratã

Carisma, beleza e muita desenvoltura na passarela; sem dúvidas esses foram os atributos que renderam a assistente administrativo, Camila Alves de Meira, de 22 anos, o título de Miss Beleza Negra Nova Ubiratã.

Realizado pela prefeitura municipal, neste sábado (18), com o objetivo de combater a intolerância racial, o evento reuniu 11 candidatas e contou com a participação de centenas de convidados.

Medindo 1,72 de altura muito bem distribuídos em 55 quilos, Camila Meira surpreendeu os jurados alcançando a nota máxima de 189 pontos. Na votação on line, aberta ao público em geral, a candidata também se destacou ao conquistar 03 importantes pontos.

Filha de sitiantes do distrito de Novo Mato Grosso e nascida em Nova Ubiratã, Camila Meira reflete bem a imagem da mulher negra brasileira.

Funcionária de uma cooperativa agroindustrial do município, ela divide seu tempo entre o trabalho e à militância pela igualdade racial.

“Decidi participar do concurso para expressar meu orgulho em ser negra. Acredito que a iniciativa motivou muitas pessoas e estabelecerem novas relações humanas e de liberdade, independente da cor da pele, religião e demais diferenças”, enfatiza.

Camila ainda confessa que a timidez quase a impediu de participar do concurso de beleza.

“Apesar de acreditar em meu potencial eu sempre fui uma menina muito tímida. Só conseguiu desfilar graças ao apoio recebido da comissão organizadora e das demais candidatas”, frisa a jovem que aproveitou a oportunidade para agradecer a família, amigos e os idealizadores do projeto.

“Quando ouvi o resultado da votação on line eu não acreditei. Não sabia que era tão querida pela população de Nova Ubiratã. Quando relembro o carinho recebido ao longo do concurso fico emocionada”, concluiu.

Para a servidora pública e idealizadora do projeto, Cleonice Maynart, o evento marca um novo ciclo na luta contra o preconceito e a desigualdade social.

“Hoje demos um importante passo contra todo e qualquer tipo de preconceito. Gostaria de agradecer ao prefeito Valdenir José dos Santos e a secretária de Assistência Social, Sileuza Dias Santos, que assim como nós acreditam numa sociedade mais justa e igualitária. E a vocês meninas [candidatas] que deram um verdadeiro exemplo de determinação e superação”, disse emocionada.

O concurso ainda elegeu a Princesa e a Musa Negra, respectivamente, Mikele Santos Fonseca, 19, e Katiane Soares Chaves, 17.

Além de faixa e troféus, as candidatas eleitas também foram premiadas com R$ 1 mil, R$ 500 e R$ 300 reais em dinheiro.

Leia também: Nova Ubiratã realiza 1º evento em comemoração ao Dia da Consciência Negra


Nenhum comentário:

Postar um comentário